Quem nunca?! 7 dicas para superar seus erros.

Quem nunca?! 7 dicas para superar seus erros.

Seja por inexperiência, imprudência ou imperícia, todos nós, em algum momento, cometemos erros durante nossa carreira. Entregar um relatório e só depois perceber que deveria ter revisado melhor; elaborar uma planilha e não perceber que ela continha um erro na fórmula; deixar-se levar pela emoção e discutir com um colega ou mesmo colaborador na frente de outras pessoas; enviar uma informação para a pessoa errada por descuido, etc…

Todos esses são exemplos de erros que podemos cometer ao longo da nossa vida profissional e nem por isso, devemos nos sentir incompetentes. Afinal, errar é humano. Mais importante que não cometer erros é saber como agir ao perceber que cometeu um engano.

Mas qual é a melhor estratégia a se adotar após perceber que errou? Veja sete dicas que vão ajudar a lidar com a situação.

  1. Não tente encobrir ou esconder a situação. Isso só piora as coisas! Reconheça o erro o quanto antes e veja quais são as alternativas.
  2. Não fique se lamentando. Procure a melhor solução e não se condene nem jogue a culpa nos outros.
  3. Mantenha a calma e o autocontrole. Se desesperar, de nada vai adiantar e ainda pode prejudicar sua saúde trazendo ainda mais problemas. Manter a tranquilidade pode ser difícil, mas o ajudará a ter clareza do que deve ser feito.
  4. Peça ajuda.Conte para alguém que tenha condições de ajudá-lo a encontrar soluções. Pode ser um colega, um colaborador ou até mesmo um amigo ou familiar. Se tiver abertura, conte logo para seu chefe. Se fechar diante da dificuldade é cometer um segundo erro.
  5. Não se precipite. Tomar decisões de cabeça quente não contribui em nada para uma solução eficaz. Voltar à situação anterior ao erro, muitas vezes não é possível, e talvez, você precise recomeçar.
  6. Reconheça se a situação trouxe perda e evite provocar mais perdas. Especialmente se o erro tiver consequências graves, saiba lidar com a situação e, eventualmente, com uma possível punição ou demissão. Não adianta deixar que isso afete outras áreas da sua vida como saúde, casamento e relacionamentos.
  7. Não se deixe abater pelo desânimo nem comprometa sua auto-estima. Errar faz parte do jogo e devemos aprender com eles para saber como evitá-los. Não se rotule nem se desqualifique. Todos os profissionais já passaram por momentos de dificuldades como consequência de erros cometidos. O importante é recompor-se e tocar o barco em frente.

“Toda empresa precisa ter gente que erra, sem medo de errar e que aprenda com os próprios erros”. – Bill Gates

Mônica Cavalcanti
Mônica Cavalcanti
Sou formada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Pós Graduada em Gestão Estratégica de RH pela Universidade Estácio de Sá atuando há mais de dez anos em cargo de gestão na Área de RH em empresas de médio e grande porte do varejo, indústria e de serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *